A prática da educação com Coach Giardino

Coach Educacional Coach GiardinoA prática da educação deve ser repensada cotidianamente. Ao entrar em sala, o educador deve executar o planejamento, pensando:  o que fazer, para que os alunos compreendam, critiquem e pensem sobre o conteúdo? Como intermediar o aluno e o objeto de aprendizado? E mensurar se os objetivos propostos foram alcançados. Por outra perspectiva, ao sair da sala de aula, o educador deve refletir:  se a prática e a intermediação gerou crescimento pessoal e profissional? o que pode ser melhorado nas próximas aulas? se está gerando a capacidade de construir conhecimento em conjunto?

Segundo Paulo Freire (2013) é importante que o educador abandone a ideia da educação tradicional, em que o educando é apenas um depósito de conhecimento, sem o direito de questionar ou de expor suas opiniões sobre determinados assuntos.  O educador Paulo Freire denomina este modelo de ensino de educação “bancária”, a qual é instrumento ideológico de opressão, uma vez que o educador seria o possuidor do “saber”.

O educador é o responsável pela prática e deve ter a formação adequada e continua, deve criar a recriar a sua própria práxis. Pensando assim, se torna possível abandonar o modelo aprendido da educação tradicional.

O papel do coordenador pedagógico é proporcionar um ambiente de reflexão sobre a prática do professor. Estimular o desenvolvimento e o crescimento profissional da equipe de trabalho. Gerando um ambiente onde todos desenvolvam seus potenciais. centrado no Projeto Politico Pedagógico da instituição.

Repensar a prática cotidianamente é um exercício de fazer e desfazer a própria práxis. Gerando uma formação continuada e sistemática para  beneficiar o desenvolvimento do projeto.

Como gerar o conhecimento? como aprendemos? como assimilamos? como transmitimos? como acontece o processo de conhecer?

São perguntas que o educador deve a todo momento estar utilizando. Por um viés, entender que a sala de aula é um universo amplo e de várias possibilidades. E por outro, compreender que os nosso alunos estão inseridos em um mundo globalizado, de informação e experiências que circulam de uma forma rápida.

Assim, a prática da educação deve ser pensada e repensada diariamente. Para que seja transformadora, que oportunize o crescimento e desenvolvimento profissional do educador e por outro lado, rompa com a alienação do modelo tradicional, desconstrua os paradigmas e que os alunos sejam capazes de analisar, criticar e transformar a própria realidade de mundo.

Esperamos professores que em suas práticas sejam motivadores, mediadores e que saibam respeitar a curiosidade do educando, suas inquietações e criatividade. Estímulos a liberdade.

Fonte: 

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa.46 ed. Rio de Janeiro: paz e terra, 2013

Feliz domingo!

Coach Giardino

Coach Educacional

Contatos:

Tel.: 00 55 71 985454125

E-mail: contato@ricardogiardino.com