Coach Educacional: Planejamento de visita ao museu AFRO BRASILEIRO com Coach Giardino

Coach Giardino_ Planejamento de visita ao museuPor Coach Giardino

Como organizar uma visita ao museu? Proposta para Fundamental 1

Objetivos da aula de campo:

  1. Proporcionar uma visão ampla dos conteúdos e da própria história, que ultrapassa a barreira de um simples passeio ou mesmo um questionário proposto. Podendo fazer um link com a realidade do educando.
  2. Explorar o potencial educativo dos museus e as suas exposições para as diversas disciplinas que compõem o currículo: história, filosofia, artes, português, geografia e ciências.

Introdução

“Para Libâneo (1994), a educação pode ser compreendida no sentido amplo, o processo educacional decorre da convivência humana no meio social, com a participação de pessoas e instituições que integram a sociedade”. (apud, Belther 2014)

A identidade cultural brasileira passa pelas raízes africanas. Pensando nisso e centrados na pesquisa em Salvador, de um local que preserve a memória dos negros africanos escravizados, escolhemos o MAFRO.

O museu Afro-Brasileiro da Universidade Federal da Bahia, localizado no largo do terreiro de Jesus, no centro histórico de Salvador é o local ideal para trabalhar as raízes e a nossa identidade cultural.

Desenvolvimento

Roteiro pedagógico em três passos: antes da visita, a visita e depois da visita.

Passos antes da visita: planejar junto com a equipe pedagógica da escola: qual a unidade do trimestre e a data para efetuar a visita; consultar a exposição disponível; realizar o agendamento; solicitar autorização da família. Trabalhar com a turma a visita ao museu (verificar quem já participou de uma exposição, explicar a existência, a finalidade e o pará quê  ir ao museu). Explanar para a turma os conceitos de identidade, aspectos inseridos na nossa cultura das raízes africanas e os motivos que envolveram o tráfico de negros para o Brasil e as consequências em nossas vidas no cotidiano.

Passos da visita: Ainda na escola, fazer a chamada dos presentes, relembrar as regras da nossa visita e as do museu; no trajeto chamar atenção sobre aspectos da nossa cidade. No museu, dividir a turma em grupos menores, por professor. Estes grupos deverão permanecer unidos em todo o momento; fazer da visita prazerosa e divertida, bem como estimular o olhar curioso e crítico.

Passos depois da visita: relembrar com a turma as histórias, as impressões e, sobretudo, verificar o que a turma conseguiu reter de conhecimento. Passar algumas fotografias das obras visitadas e conversar sobre a opinião individualizada. Para finalizar, propor ao educando, em caráter individual fazer um desenho de uma obra que o chamou mais atenção, ao lado do desenho, produzir um pequeno texto explicando o significado do desenho e relacionando-o com a própria realidade.

Conclusão

Como fiz visitas a vários museus, me deleitei ao preparar o roteiro. Primeiro, pela importância da aula de campo e depois pelas crianças. Elas sorriem se espantam, se divertem e aprendem. A aula fora da sala é um momento de novidade, que estimula várias emoções e proporciona o conhecimento.

Referências Bibliográficas

Ibram – portal do instituto brasileiro de museus – http://www.museus.gov.br/os-museus/ . Acesso em 30 de setembro 2018.

MAFRO – Museu afro brasileiro UFBA http://www.mafro.ceao.ufba.br . Acesso em 30 de setembro 2018.

Belther, Josilda Maria, organizadora. São Paulo. Didática I – Ed Pearson 2015 Pág 5

Por Coach Giardino

Coach Educacional

Mediador de Conflitos

Contato: (71) 985454125

contato@ricardogiardino.com

Publicado por

Coach Giardino

Paulistano de alma e baiano de coração, pedagogo, escritor e autodidata Coach Giardino deixou São Paulo com a família aos seis meses para morar em Salvador. Se profissionalizou em Contabilidade, Gestão Comercial e Executive & Life Coach, até que saiu pelo mundo sedento por ampliar seus horizontes. Viveu Barcelona, Girona e Tarragona provincias espanholas por aproximadamente 12 anos. Cresceu em meio à ruas nostálgicas de Salvador, tanto as antigas e as modernas. Curioso do desconhecido, do comportamento humano e ciente das muitas possibilidades. Protetor apaixonado das crianças e das mulheres, especialmente no Brasil e ao redor do mundo. Missão> Facilitar para que clientes reconheçam e se apropriem de seus potenciais internos e com base transformem seus sonhos em metas realizáveis.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s