Blog

Coach Educacional: BNCC e a Educação Infantil com Coach Giardino

Adaptado Por Coach Giardino

A base Nacional Comum Curricular (BNCC), documento que tem a sua importância, obrigatoriedade e aplicação exclusiva na educação básica. De caráter normativo, define os aspectos essenciais ao longo das etapas da educação básica, que colaboram com o Plano Nacional de Educação (PNE), tal como define o paragrafo 1 do artigo 1º da LDB – Leis das Diretrizes e Bases, Lei 9394/96″

Coach Educacional - Giardino e BNCC (1)

“Estrutura da BNCC

Educação Básica

  • Educação Infantil
    •  Objetivos de aprendizagem e desenvolvimento
      •  Bêbes 0 – 1a6m
      • Crianças bem pequenas 1a7m –  3a11m
      • Crianças pequenas 4a-5a11m
        • Direitos de aprendizagem e desenvolvimento
        • Campos de experiência
  • Ensino Fundamental
    • Anos iniciais
    • Anos finais
      •  Unidades temáticas
      • Objetivos de conhecimentos
      • Habilidades
        • Áreas do conhecimento
        • Competências específicas da área
        • Componentes curriculares
        • Competências específicas de componentes
  • Ensino Médio (por definir)”

“Educação Infantil > Direitos de aprendizagem e desenvolvimento

Direitos de aprendizagem e desenvolvimento na Educação Infantil

Conviver – Ensinar a criança a aprender a conviver com o diferente, com as diversidades que a nossa sociedade apresenta. A convivência com outras crianças, ou mesmo com os adultos, em grupos pequenos e grandes. Utilizando as diversas linguagens físicas ou intelectuais. Desta forma, ampliando o conhecimento de si, válido e importante na compreensão do outro, estabelecendo uma relação de respeito as diversas culturas e as diferenças entre as pessoas.

Brincar – Diariamente, de diversas formas, em diferentes espaços e com diferentes parceiros, as próprias crianças ou os adultos. Conhecendo e ampliando o seu universo cultural, desenvolvendo seu conhecimento, estimulando a imaginação e a criatividade, proporcionada pelas relações, extraindo os aspectos concretos e emocionais, corporais, sensoriais, expressivos, cognitivos e sociais.

Participar – Ser um agente ativo na participação do planejamento da gestão escolar, bem como, das atividades propostas pelo professor no dia a dia em sala de aula, tais como escolher as brincadeiras, os materiais e o ambiente. Desenvolvendo as diferentes linguagens e construindo conhecimento, em fim, decidindo e se posicionando diante das circunstâncias.

Explorar – Movimentos, gestos, sons, formas, texturas, cores, palavras, emoções, transformações, relacionamentos, histórias, objetos, elementos da natureza, na escola ou fora dela, ampliando seus saberes sobre a cultura em suas diversas modalidades: artes, a escrita, a ciência e a tecnologia.

Expressar – Como sujeito participante do dialogo, criativo e sensível, suas necessidades, emoções, sentimentos, duvidas, hipóteses, descobertas, opiniões, questionamentos por meio de diferentes linguagens.

Conhecer-se  e construir sua identidade pessoal, social e cultural, constituindo uma imagem positiva de si e de seus grupos de pertencimento, nas diversas experiências de cuidados, interações, brincadeiras e linguagens vivenciadas na instituição escolar e em seu contexto familiar e comunitário”.

Referência:

Brasil, Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão, Conselho Nacional de Educação.  Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Brasilia – DF. MEC. 2018.

Coach Giardino

Coach Educacional

Mediador de Conflitos

Contato: (71) 985454125

contato@ricardogiardino.com

 

 

Biodescodificação Com Coach Giardino: Sentido Emocional das Dores de Cabeça e Enxaquecas.

Coach Profissional

Por Cristobal Amo Martín

Dor de Cabeça e enxaquecas

Um enfoque simples da dor de cabeça é que temos uma ou várias preocupações grandes, das quais não sabemos sair.  Ao pensar continuamente na mesma coisa, situação ou circunstância, a nossa cabeça se torna louca a ponto de estourar, e creio, que se continuar assim vou “perder a cabeça”.

É como se estivéssemos na frente de um grande problema, como um muro de tijolos e esbarrássemos de cabeça e sem conseguir encontrar uma solução, sem conseguir derrubar. É a expressão “este assunto está me consumindo” a ponto de perder a cabeça e “não consigo encontrar uma solução, “estouro a cabeça”.

Outro enfoque, é que a dor de cabela tem a ver com os órgãos que compõe a cabeça: o cérebro e quatro dos cinco sentidos (as vistas, os ouvidos, o cheiro e o gosto. A cabeça é uma das partes importantes para o nosso equilíbrio físico e emocional.

A cabeça está relacionada com “EU SOU”. É bem provável que você esteja se exigindo muito, ou mesmo se sinta desvalorizado, acredita não ser suficientemente inteligente (falsa crença), e ter medo ao que as pessoas vão pensar (limitação).

Sua dor de cabeça, está indicando que deve relaxar sua mente, que deve permitir-se ser você mesmo, que deve sentir e não apenas pensar, equacionar.  Muitas vezes é melhor não querer entender tudo; não seja injusto com você mesmo.

Parar por alguns momentos durante o dia, ter um minuto de silêncio, desconectar-se das preocupações, com certeza vai diminuir as dores de cabeças e as enxaquecas.

Quando sofre de enxaqueca o que vai ter são apenas dores de cabeças moderadas ou intensas, que pode durar desde umas poucas horas ou mesmo até três dias. Podem ou não vir seguidas de tonturas, vômitos e intolerância ao barulho ou mesmo a luz.

Aquieta o minh’alma

Além disso, tem o costume de se repetir durante muito tempo. Existem pessoas que tem enxaquecas mais ou menos frequente faz 10 anos ou mesmo 20 anos.

O conflito com base na enxaqueca é: “devo procurar uma solução mental e não posso descansar até que encontre”. Por tanto, em alguns momentos nos ajuda ser menos mentais e sim ser mais emocionais e intuitivos.

Tipos de enxaquecas:

Do estresse: Sente que tem que fazer muitas coisas, que não dá tempo ou que não pode fazer como deseja. Isso produz um estresse alto, com muita tensão. Pode também existir um conflito de exigência e hiper controle.

Quando tem continuamente muita tensão interior, pode também aparecer sintomas de hipertensão.

Pulsátil: De final de semana. Pode que esteja em fase de solução de um problema ou que sinta que não tem direito a felicidade e você se castigue com dores de cabeça, justo no momento em que não esteja trabalhando.

Pre-menstrual: É um conflito de desvalorização na condição de mulher, “tenho muitas coisas que fazer”, “tenho medo de ficar grávida”, “não me sinto capaz de enfrentar os desafios”.

Enxaqueca  oftalmológica: “não posso ver, algo que necessito ver” ou o contrario “estou vendo coisas que não gostaria de ver”. Pela dor da enxaqueca, se pode ficar com as vistas turvas.

As vezes junto com a enxaqueca vem acompanhada de prisão de ventre. Existe um ressentir similar: “não quero digerir o que está acontecendo em minha vida”. Isso ocorre, por enfrentar um situação que não consegue encontrar uma solução mental, e menos ainda, em digerir o momento.

A enxaqueca pode ter uma relação com a repressão sexual, que tenha sido produzida na infância ou não,  pode estabelecer uma luta com a sexualidade e pode existir a falta de orgasmos.

enxaquecas

Parte importante:

Tem que deixar que os acontecimentos fluam livremente em sua vida e a mudança, receberá e sentirá alegria, paz e harmonia. Tem que sentir que a vida esta ao seu favor.

Também pode existir um conflito espiritual.  Eu sempre proponho alinhar cabeça e coração (coerência).

Não é possível andar pela vida apenas pensando. É importante pensar e sentir.

Como eliminar a enxaqueca de forma natural?

Respiração tranquila – Inspira mentalmente contanto até cinco. Exala contando mentalmente até cinco. Faz respiração e a expiração pelo nariz. Pode exercitar em qualquer lugar, a qualquer hora

Respiração abdominal – Coloque a mão sobre o peito, e a outra sobre o ventre. Inale profundamente pelo nariz, enchendo o diafragma (não o peito) de ar. Expire pela boca. Repita lentamento por cinco vezes.

Respiração alternada – Sentado em uma postura confortável, com o polegar direito fecha a parte direita do nariz e respire profundamente por meio do nariz esquerdo. Quando estiver inspirado todo o ar, feche a parte esquerda do nariz com o dedo anular (dedo do anel de noivado) e exala pela parte direita do nariz. Segue com este exercício até perceber que houve uma mudança de energia.

Texto fragmentado de Cristobal Amo Martín e Traduzido e adaptado por Coach Giardino

Coach Giardino

Coach Profissional

Contato:

Tel.: 71 985454125

E-mail: contato@ricardogiardino.com