Biodescodificação com Coach Giardino: Sentido Emocional das Dores de Ouvido

Desmistificando as Crenças

Por Coach Giardino

Para a Biodescodificação o corpo expressa, as insatisfações e as próprias satisfações da vida. 

O sentido emocional, tem uma relação direta com a funcionalidade do órgão que reclama. 

O ouvido e suas partes, composto: ouvido externo, ouvido interno e ouvido médio. 

O ouvido tem mais uma função a parte da audição, que é o órgão do equilíbrio.

Extraído e traduzido do Dicionário-Bio-Emocional 2016

Sentido Biológico do ouvido:

Captar as ondas sonoras do exterior e transforma-las em impulso para compreensão (sons). Para viver precisamos do verbo como alimento afetivo (pedaço).

Está demonstrado que as crianças, que vivem em um ambiente onde não conversam com ela, o desenvolvimento é mais lento, inclusive pode chegar a morrer.

Biodescodifcação – Ouvido

Em menor medidas, o ouvido leva uma leva energia mediante a transformação de frequência (base do sentido musical e a musicoterapia ou sonoterapia. 

Possível conflito: 

Conflito de pedaço auditivo ou julgamento auditivo. “Não quero perder o pedaço (auditivo) vital”. Para los destros (ao contrário para os canhotos): Ouvido esquerdo: algo que não quero perder. “Ouço o que não quero”. Ouvido direito: Algo que não quero agarrar. “Não ouço o que quero”.

Ouvido externo – Possível conflito:

Conflito de separação a nível auditivo. Sim, me sinto separado do pedaço auditivo, posso fazer um eczema, “separação do som”. “Não ouço a voz de uma pessoa querida. Orelha direita: “Não ouço algo que desejaria ouvir”, (desejo contrariado)

Ouvido interno – Possível conflito:

Conflito de separação do pedaço auditivo (palavra ou silêncio). Não tem boas palavras para mim, ou boas explicações. Também pode ser: não tem suficientes “silêncios”. 

Ouvido médio – Possível conflito:

Conflito de agarrar o pedaço auditivo (alimento emocional auditivo) “Não foi possível captar a informação vital para o ouvido”

Não digerir o que se ouve. Para o inconsciente é o mesmo não poder digerir por “falta de alimento”. 

A BIODESCODIFICAÇÃO NÃO RECOMENDA MEDICAMENTOS, NÃO INDUZ A ABANDONAR OS TRATAMENTOS CONVENCIONAIS. AO PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Deseja conhecer mais sobre a Biodescodificação?

Contato: contato@ricardogiardino.com

Coach Giardino

Coach Profissional

Contato:

Tel.: (71) 985454125

Biodescodificação com Coach Giardino: Sentido Emocional das Dores de Garganta

Sentido Emocional das dores de Garganta

Por Coach Giardino

Quando falamos em Biodescodificação, pensando no significado etimológico da palavra: bio = vida, e descodificar = decifrar ou converter a dados originais, ou seja, decifrar a vida. 

Como decifrar a nossa vida? 

O corpo é uma estrutura complexa, viva e dinâmica. Composto por partes importantes, e relevantes em um todo. Quando sentimos um incomodo, ele repercute em toda a estrutura física. A visão cartesiana, nos separa e fragmenta, onde cada parte responde em separado. E nada se faz responsável pelo todo. Com o corpo, não funciona assim. 

Sendo assim, Estamos falando em uma compreensão, que foge o sentido abstrato e vai além da compreensão submetida ao corpo físico as doenças das interpretações inconscientes. A Biodescodificação, oferece uma possível compreensão,  gerada por uma incoerência, entre o que se quer, se pensa e se faz. Neste aspecto, o sentido emocional nos indica por meio do corpo, a nossa incongruência, provenientes da nossa interpretação. 

A Biodescodificação trás a consciência a reflexão:

 GARGANTA

As funções da Garganta: 

#Laringe, a responsável pela emissão de voz;

#Respiratória;

#Proteger as vias aéreas; 

#Faringe, a responsável por canalizar ar até os pulmões;

#Conduzir os alimentos até o esófago.

#Permite a expressão pessoal

Sentido Emocional das Interpretações

El Gran diccionario de las dolencias e enfermedades de Jacques Martel, versão em espanhol, trás algumas interpretações: 

Consideradas por alguns como o centro da criatividade, da verdade e da afirmação. É um centro de energia importante para afirmação do eu. 

Com minha garganta, engulo a realidade, aí é onde vivo a vida pela respiração, a água e o alimento. É também, onde libero meus sentimentos do coração até a voz. É a ponte em dois sentidos, ir e vir, entre a cabeça e o corpo, o espirito e o físico. 

Se tenho dores de garganta, posso me culpar por ter dito algumas palavras, ou mesmo pensar que deveria expressar algo. É como se fosse um castigo, imposto pelo corpo (inconscientemente).

A garganta pode inflamar-se, pela razão que seja, expressar em raiva, ao ponto da emoção subir a garganta. Si não falo o que desejo, ou se existe um conflito em expressar o próprio ser, então a garganta, sente esta “rejeição” (não deixa de ser uma interpretação pessoal). A garganta é a expressão em afirmar-se, e para compensar pode-se ser autoritária consigo mesma. 

A garganta representa também a concepção, a aceitação da vida. Se tenho problemas com este órgão, posso estar passando por um profundo conflito na aceitação da minha existência. 

Dificuldade em engolir, posso perguntar: Qual pessoa ou qual situação tenho dificuldade em “engolir”? Qual realidade me sinto obrigado a fazer o que não desejo, e não me expresso?

Texto adaptado por Coach Giardino

Todo sintoma tem um “PARA QUE?

Toda doença é uma solução biológica, uma forma que o corpo busca para adaptar-se. Ou seja, O sentido é sempre para a adaptação. Move a pessoa a olhar para dentro de si, jamais para fora. 

O corpo vai gritar até você ouvir, e se permitir a adaptação. Longe da comodidade ou passividade. É transcender a informação. O que meu corpo está me dizendo?

Jesus foi o mestre dos mestre na reinterpretação:

“Saindo eles de Jericó, acompanhou a Jesus uma grande multidão. Dois cegos, sentados à beira do caminho, sabendo que Jesus passava, clamaram: Senhor, filho de Davi, tem compaixão de nós! A multidão mandou que se calassem, mas eles clamavam cada vez mais: Tem compaixão de nós, Senhor, filho de Davi! Jesus, parando, chamou-os, e perguntou-lhes: Que desejais que eu vos faça? Responderam: Senhor, que se nos abram os olhos. Jesus, condoído, tocou-lhes os olhos; no mesmo instante recuperaram a vista, e seguiram-no”. (Mateus 20:29-34)


Fonte: Wikipédia

“1 – Entrando Jesus num barco, atravessou o mar e foi para a sua cidade.

2 – Alguns homens trouxeram-lhe um paralítico, deitado em sua maca. Vendo a fé que eles tinham, Jesus disse ao paralítico: “Tenha bom ânimo, filho; os seus pecados estão perdoados”.
(Mateus 9:1-2)

No primeiro texto, existe um desejo de ver, uma vontade de abrir os olhos. A palavra desejo é uma vontade. Se torna realidade quando de fato é imprescindível a sua coerência pessoal. 

No segundo texto, é o mesmo poder. Fé é acreditar e desejar,  não se vê, no entanto,  saber que é possível. 

Jesus fez milagres, curou homens incoerentes. Operou maravilhas ensinando a que fossem sinceros consigo e com suas condições. 

A Biodescodificação não recomenda medicamentos, não induz a abandonar os tratamentos convencionais. Ao persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.

Deseja conhecer mais sobre a Biodescodificação?

Contato: contato@ricardogiardino.com

Coach Giardino

Coach Profissional

Contato:

Tel.: (71) 985454125