A paixão de Cristo

Coch_GIardino_CristoMe permita trazer uma mensagem de paz, nesta sexta-feira de paz.

O meu amor e o meu olhar esta hoje para a ressurreição de Jesus.

A crucificação nada mais é senão um exemplo. Só aqueles que tem medo podem perceber tenebrosamente. O significado da crucificação está na intensidade aparente da agressão de uns aos outros.

O mundo mudou?
Continuamos a atacar aos outros com nossas projeções?
Estamos crucificando ao próximo com os memores erros?

Jesus nunca se preocupou em criticar ou atacar quem quer que fosse, mesmos os seus aparente e simbólicos “agressores”, sendo firme quando necessário.

É provável que você tenha sentido na pele sofrimento, e tenha pensado em algum momento que estivesse sendo crucificado. Esta é uma forma de pensar estar separado de você, separado do outro e separado de Deus. A agressão só pode ser feita ao corpo. O corpo não existe. O corpo foi criado pelo ego. Consequentemente todo sofrimento tem origem no ego. Quando projetas no outro sua raiva, seu ódio, esta fomentando a agressão. Tudo com base no medo.

Você é livre para pensar como quiser. Livre para se sentir vítima ou um filho de Deus!

Cristo o único que pede é: Siga meu exemplo! Nunca Cristo justificou um ataque ou raiva de qualquer tipo. “Escolhi, para teu bem e o meu demonstrar que a agressão mais ultrajante segundo o julgamento do ego não importa” “…eu fui traído, abandonado, rasgado e morto. Estava claro que isso somente aconteceu devido a projeção” ou seja “A mensagem da crucificação é perfeitamente clara: “Ensina só amor, pois é isso que tu és.”

A nossa ressurreição é novo despertar. É curar a percepção. É ver o mundo com infinitas possibilidades. Nada de sofrimento. Ester neste mundo e passar um tempo para sofrer? Tem sentido? Será Deus tão igual ao nosso ego? Castigo…castigo…culpa…vingança. Pode o amor ter esta missão? Não sei aonde a humanidade quer chegar.Só não vejo um Deus carrasco. “Uma igreja que não inspira amor tem um altar escondido, que não serve ao propósito de Deus.” Não estamos sendo perseguidos, ninguém esta atacando. A condenação é impossível! Nos temos a possibilidade de conexão direta com o Espírito Santo, herança deixada igualmente para todos.

Somos um! Somos amor.Sou grato a você!

<<Escolhas e Percepções>>

Coach Giardino

Coach Emocional

coaching@ricardogioardino.com

Verdadeiramente perdão é arte?

Imagem Pixabay
Imagem Pixabay

Nenhuma personalidade é impenetrável. Depende da chave que você usa. Augusto Cury

Perdão é arte? o que é arte?

Pode ser uma atividade humana, expressar sensações e emoções. Pode fazer arte quem tem e quem não tem criatividade. Esta arte é inata, as vezes esquecida, pode ser adquirida. O ser humano pode explorar de varias formas. A arte não é uma obrigação, é prazerosa, é virtuosa, muitas vezes invejável e idolatrada. Por esta senda, o perdão é uma arte, e por tanto, não é uma obrigação. Como toda arte,  pode se  beneficiar, o próprio artista e muita gente. A arte é viver a nossa essência, viver no amor, viver no perdão.

ressignificando esta arte…

“El perdón es una carretera de doble sentido: siempre que perdonamos a alguien, también nos perdonamos a nosotros mismos” LaTorre Prisilla

Perdoar é esquecer?

Se perdoar é esquecer, esquecemos e já não lembramos mais. Então, o que devemos perdoar? Eu esqueço e por isso não resta nada para perdoar. Tem sentido? O perdão é desprendimento de energia, exige uma boa memória e uma consciência da ofensa, para lembrar-se de todos os detalhes. Vale a pena? Com o perdão a magoa perde poder e a ferida ganha cicatriz. A questão muda de foco, então não é esquecer e sim resolver a questão dentro da gente. Porque se esquecida está,  o perdão já esta dado.

Perdoar é esconder?

Aprendi a expressar minhas emoções? Para que? Homem que é homem não tem emoções! Será verdade? Acho que devo ser de outro planeta. Melhor guarda-la, esconde-la, assim não mostro a minha fragilidade, macho não perdoa. Será? Ferido, evito as emoções, por não saber como lidar com elas. Uso o mecanismo de proteção (Aqui pra nós…coisa de troglodita, mas acabo fazendo isso) vou escondendo dentro de mim , que um dia eu resolvo. Este mecanismo provoca danos por muito tempo, talvez toda a vida. Como se fosse pouco, este mecanismo machista desencadeia doenças psicossomáticas, virando no final uma patologia. Simples, colocar luz ao fato, nas emoções, liberar-se é o melhor recurso e mais saudável para ambas as partes. Então, nada a esconder, nada de deixar para depois. Hoje é agora!

Para perdoar é preciso ter vontade?

Cá pra nós! Não existe uma formula mágica do perdão. Por mais arte que seja, se não aprender a olhar as emoções; levar em conta os sentimentos e ter vontade intrínseca (vontade que nasce dentro da gente). De nada vale! Este é um processo lento, requer paciência de ambas as partes, depende de vários fatores, das dimensões da ferida existente e da ferida provocada, da reação do ofensor, dos recursos pessoais disponíveis. Esperamos!!  Vontade e motivação nascem da sensibilidade, do coração quebrantado e da inteligência.

” Faça aos outros o que você gostaria que eles fizessem a você”. Jesus Cristo

O perdão deve ser uma obrigação?

O perdão é livre ou é uma prisão. O perdão perde sentido, se é uma obrigação imposta por quem quer que seja. Ensinar a perdoar é outra arte. Aprender a perdoar é parte desta arte. As partes precisam interiorizar-se, assimilar, digerir e encontrar ou não o momento do perdão. O perdão é mais que uma obrigação moral, é o respeito a si mesmo.

O perdão exige renunciar meus direitos?

O perdão é um ato de benevolência gratuito e não significa renunciar direitos. O livre arbítrio, o respeito, a individualidade, não são negociáveis. O perdão não quer justiça, não tem poder, não existem as lutas e as guerras. Isso não é fragilidade. É apenas uma opção mais entre muitas outras. Com o perdão mantenho a dignidade, a honradez e a sensatez.

I’m sorry ( Me perdoe, Perdona, perdón)

“Guardar raiva é como segurar um carvão em brasa com a intenção de atirá-lo em alguém; é você que se queima”. Buda

Tanta volta para resumir tudo no “ego”, medo, expectativa, projeção…com o fácil que é o perdão! Assim o perdão é uma arte, e a arte é inquestionável! Perdoa quem quer e quem pode…e nada de questionar!

Ricardo Giardino é orador, formador, facilitador, empresário. 1º Coaching Emocional do Brasil (Certificação Internacional em Life Coaching está oficialmente autorizado pela AIC, Asociación Internacional en Coaching e pela Escuela Europea de Líderes.)

Escreva ou ligue,  agende o seu horário.

Telefone/ Whatsapp (71)9 8545 4125

coaching@ricardogiardino.com